ROSA KLASS

Os desafios do câncer por Ingrid Klass e Vanessa Rosa

Microfisioterapia

Gostaria de compartilhar um pouco sobre a microfisioterapia. Desde que terminei meu tratamento fiquei com algumas questões que me incomodava muito, como início de depressão, dores de cabeça e crises de ansiedade. Conheci a microfisioterapia, a qual me curou dessas crises, ajudou a me auto conhecer e ser uma pessoa ainda melhor. Por este motivo quero compartilhar com vocês o texto da Dra. Layana Peruscello.

Ingrid Klass

 

“A Microfisioterapia é uma técnica francesa de terapia manual, desenvolvida nos anos 80. Tem como objetivo, encontrar as causas primárias das doenças ou sintomas, ou seja, tecidos que perderam a sua vitalidade devido agressões recebidas, seja de origem traumática, tóxica, viral, ambiental ou emocional.

Seu embasamento teórico e científico iniciou pelo estudo e revisão criteriosa das seguintes áreas: Embriologia – Ontogenia – Filogenética – Anatomia.

Seguindo mapas específicos, o fisioterapeuta busca essas cicatrizes patológicas e apresenta ao corpo do paciente, em forma de toque para estimular a autocura. Não é necessário se despir para realizar o atendimento. É indicada para qualquer pessoa, independente da patologia ou idade, portanto todos podem se beneficiar.

Há uma grande gama de doenças e sintomas que podem ser beneficiados, como:

– Síndrome do pânico;

– Depressão;

– Alergias e intolerâncias;

– Dores Físicas Crônicas, Traumas físicos; – Traumas emocionais;

– Alteração no funcionamento dos órgãos, gastrointestinais (constipação, azia, etc.);

– Fibromialgia;

– Ansiedade e Fobias;

– Problemas escolares (dificuldade de aprendizagem);

– Falta de atenção e concentração;

– Agressividade;

– Problemas urogenitais;

– Prevenção de doenças;

-Doenças oncológicas (Câncer).

A Microfisioterapia é uma técnica complementar que visa encontrar a causa dos eventos. Não se opõe a Medicina ou a Fisioterapia, atuando de forma preventiva ou curativa.”

 

Layana Perucello

Fisioterapeuta e

Microfisioterapeuta

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *