ROSA KLASS

Os desafios do câncer por Ingrid Klass e Vanessa Rosa

Alimentação durante a quimioterapia

alimentos-saudável-refeição

Complicações com a alimentação durante o tratamento quimioterápico ocorrem com muita frequência e uma das causas da dificuldade são devidos à disgeusia (alterações do paladar), náuseas e vômitos.

Os sintomas são multifatoriais, podendo resultar do próprio câncer ou dos efeitos do tratamento.

Embora você possa não sentir vontade de comer, é importante com base nestas dificuldades lembrar que uma alimentação adequada e a manutenção do peso saudável são fundamentais para sua recuperação.

Seguem algumas dicas a serem seguidas durante o tratamento:

– Evitar períodos prolongados de jejum, pois pode aumentar as náuseas;

– Durante a quimioterapia pode-se consumir gelo ou picolé de fruta que também diminui os enjoos;

– As primeiras refeições do dia devem ser reforçadas. No café da manhã dar preferência para frutas como laranja, morango, kiwi (ricas em vitamina C), queijos magros, iogurte (fontes de cálcio e magnésio), torradas e geleias.

– Realizar refeições frequentes e em pequenas quantidades.

– É importante consumir 5 porções de frutas e verduras ao dia.

– No horário do almoço, pode –se aumentar o teor protéico e energético da alimentação, acrescentando um pouco de azeite de oliva, clara de ovo cozida e picada ou queijo ralado.

– Uma refeição ideal precisa conter: carboidratos, proteínas e gorduras de boa qualidade. Utilizar ervas aromáticas e especiarias como salsinha, cebolinha, manjericão, etc…

– Limitar a ingestão de líquidos, principalmente durante as refeições, pois o líquido ingerido faz com que ocorra a saciedade precoce.

– Experimentar refeições nutritivas como frutas batidas com leite ou iogurte, gelatina batida com fruta ou suco, sucos de frutas naturais com mel e frutas em calda.

– As frutas cítricas como laranja, laranja lima, ponkã, kiwi, morango e limão apresentam boa tolerância, exceto nos casos de mucosite, esofagite, estomatite ou gastrite.

– Utilizar talheres plásticos caso os alimentos apresentem gosto metálico.

– Fazer as refeições na companhia da família ou amigos, o que é muito importante é criar um ambiente saudável para as refeições.

– Repousar após as refeições.

O médico sempre deverá ser comunicado sobre os sintomas, pois existem medicamentos que amenizam antes dos mesmos se tornarem intensos e persistentes causando desequilíbrios, perda de peso e queda no estado geral, prejudicando o tratamento.

Paloma Alberti Gosch

Nutricionista Clínica e Oncológica

CRN-4 1914

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *